Eletrocoagulação

É a destruição e ressecção de tecidos através de um bisturi de alta frequência. Muito usado para tratamento de lesões benignas e malignas.

Para realizar o procedimento, primeiro limpa-se o local da excisão, depois aplica-se uma injeção local com anestésico e um vasoconstritor, para controlar possíveis sangramentos. Na eletrocauterização a lesão é carbonizada por eletricidade e calor.

O material pode ser coletado e mandado para análise patológica ou não.

Normalmente, este procedimento é usado para retirar hiperplasias sebáceas e ceratoses seborreicas.

A recuperação é rápida, normalmente o paciente retoma as suas atividades no mesmo dia, e o ferimento cicatriza em até 10 dias. É recomendado não expor a área ao sol por dois meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 2 =