Cuidados com a Pele e Chocolate

Como o chocolate age no organismo e na pele

Páscoa é tempo de muito chocolate e para pessoas que possuem acne, essa também é uma época que pode trazer problemas. Porém, com alguns cuidados específicos é possível celebrar o período sem abrir mão do chocolate e sem prejudicar a saúde e beleza da pele.

Chocolate dá espinha?

O chocolate é considerado por muitos o culpado pelo surgimento daquelas espinhas indesejadas. No entanto, a única ligação são os altos índices glicêmicos. A glicose chega no sangue rapidamente, estimulando um pico de insulina, que leva o açúcar para dentro da célula, e esse pico pode agravar a acne nos pacientes com tendência. Mas o chocolate não é o grande vilão da história, pois isso pode acontecer com qualquer tipo de alimento que tenha índices glicêmicos elevados.

O seu consumo em excesso causa riscos não só para a pele como para o organismo. Porém, pequenas doses de chocolates mais ricos em cacau, como o amargo e o meio amargo, podem trazer benefícios:

– proporciona mais energia;
– melhora a circulação sanguínea;
– estimula o sistema nervoso central;
– possui antioxidantes;
– promove a sensação de bem-estar, pois libera o hormônio serotonina.

Então, é possível sim comer chocolate sem sofrer com a oleosidade excessiva da pele e ainda promover benefícios para o organismo.

Tratamento para a acne

A doença pode se agravar em diferentes graus, há situações que pedem um tratamento mais simples e outras em que é necessário um tratamento com mais ações. O importante é saber que na Clínica Alessandra Toledo cada paciente é tratado de maneira personalizada de acordo com suas necessidades.

Para mais informações ou agendar a sua consulta acesse o site: www.alessandratoledo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 4 =