Câncer de pele: prevenção, sinais e tratamento

Câncer de pele: prevenção, sinais e tratamento

O câncer de pele é o câncer mais comumente diagnosticado no Brasil hoje. Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) indicam que 30% de todos os tumores malignos registrados são de câncer de pele.

O tipo de câncer de pele que uma pessoa contrai é determinado pelo local onde o câncer começa. Por exemplo, se o câncer começar nas células da pele chamadas células basais, a pessoa tem câncer de pele das células basais. Mas, quando as células que dão a cor à nossa pele se tornam cancerosas, o melanoma se desenvolve.

Por isso, conhecer formas de prevenção, além dos sinais que o câncer de pele fornece, é o primeiro passo para um tratamento precoce. E é sobre isso que trato no artigo abaixo. Confira!

Prevenindo câncer de pele

A princípio, para diminuir o risco de câncer de pele, evite expor sua pele à luz solar e outras fontes de radiação ultravioleta por longos períodos de tempo. Por exemplo:

  • Evite camas de bronzeamento e lâmpadas solares
  • Evite a exposição solar direta quando o sol está mais forte, das 10h às 16h0 permanecendo em área coberta ou na sombra durante esses horários
  • Aplique protetor solar e protetor labial com fator de proteção solar (FPS) de 30 ou superior em qualquer pele exposta pelo menos 30 minutos antes de ir para o ar livre e reaplique regularmente
  • Use um chapéu ou outra proteção quando estiver ao ar livre durante o dia
  • Use óculos de sol que ofereçam proteção 100% UVB e UVA

Mas, também é importante examinar regularmente sua pele em busca de alterações, como novos crescimentos ou manchas. Informe o seu médico se você notar algo suspeito

Ou seja, se você desenvolver câncer de pele, identificá-lo e tratá-lo precocemente pode ajudar a melhorar sua perspectiva de longo prazo.

Sinais para ficar atento

Como outras formas de câncer, o câncer de pele é mais fácil de tratar se for detectado precocemente. Para obter um diagnóstico rápido, você deve estar alerta para os sintomas e relatá-los ao seu dermatologista assim que detectá-los.

Aqui estão alguns sinais de alerta de câncer de pele. Alguns sintomas são bastante óbvios. Outros são mais sutis e difíceis de detectar.

Mudanças na pele

O principal sintoma do câncer de pele é uma verruga ou outro tumor na pele. Mas, para encontrar esses crescimentos, você precisa procurá-los. Dessa forma, a recomendação é que você faça um autoexame de corpo inteiro na frente de um espelho cerca de uma vez por mês.

Verifique as áreas expostas ao sol, como rosto, couro cabeludo, tórax, braços e pernas. Além disso, observe os lugares que raramente ficam expostos, como as palmas das mãos, órgãos genitais, a pele sob as unhas e as solas dos pés.

Observe esses tipos de crescimentos, especialmente se eles são novos ou mudaram:

  • Uma ferida plana que forma crosta e não cicatriza
  • Mancha escamosa
  • Protuberância vermelha
  • Pequena protuberância brilhante, perolada ou translúcida
  • Crescimento rosa com bordas levantadas e uma depressão no meio
  • Ferida achatada da cor da pele ou marrom que se parece com uma cicatriz
  • Grande mancha marrom
  • Ferida vermelha, branca, azul ou preto-azulada com bordas irregulares
  • Inchaço que coça ou é dolorida
  • Ferida com sangramento ou exsudação

O melanoma é o tipo mais mortal de câncer de pele. Por isso, uma técnica chamada de ABCDE pode ser usada para identificar manchas que podem ser melanoma:

  • Assimetria: os dois lados da mancha são desiguais.
  • Borda: as bordas são irregulares.
  • Cor: a mancha contém cores diferentes, como vermelho, azul, preto, rosa ou branco.
  • Diâmetro: a mancha mede mais de meio centímetro de diâmetro – aproximadamente o tamanho de uma borracha de lápis.
  • Evolução: a mancha está mudando de tamanho, forma ou cor.

Leia também::: Alimentação para a pele: quais as melhores opções?

Como tratar o câncer de pele?

Em princípio, a maioria dos tipos de câncer de pele diagnosticados nos estágios iniciais são tratados com a remoção da lesão. Isso pode ser feito de várias maneiras:

Criocirurgia

O nitrogênio líquido é aplicado na lesão, para congelá-lo. O crescimento então cai ou encolhe sem quaisquer incisões. Este método é frequentemente usado para tratar ceratose actínica.

Curetagem e eletrodissecação

Seu crescimento é raspado com um instrumento conhecido como cureta. A área é então cauterizada com uma agulha de eletrocauterização para destruir todas as células cancerosas de pele remanescentes.

Cremes

O seu médico pode prescrever preparações tópicas como o imiquimode e o 5-fluorouracil. Ou seja, você usa esses cremes por várias semanas para remover a ceratose actínica e os carcinomas basocelulares superficiais.

Cirurgia excisional

O tumor e a pele ao redor que parece saudável são removidos com um bisturi. A pele saudável é então testada para evidências de células cancerosas da pele. Se forem encontradas células cancerosas, o procedimento é repetido.

Cirurgia de Mohs 

Dessa forma, o tumor é removido camada por camada e cada camada é examinada ao microscópio até que nenhuma célula anormal seja visível.

Portanto, caso o câncer tenha se espalhado para os nódulos linfáticos ou outros órgãos exigirá tratamentos mais invasivos. Isso pode incluir quimioterapia ou cirurgia. Dessa forma, converse com seu médico sobre a opção de tratamento mais adequada para você.

Fique sempre atento aos sinais

Como já mencionei, o tratamento precoce é a melhor forma de garantir uma recuperação rápida de um câncer de pele. E por isso, quando mais precocemente ele for detectado, melhor.

Dessa forma, fique atento aos sinais, faça uma análise do seu corpo periodicamente em busca de manchas. Peça ajuda a algum familiar ou cônjuge para áreas mais difíceis de serem analisadas sozinhas, como as costas, por exemplo.

Assim, ao primeiro sinal de uma mancha suspeita, você deve procurar um dermatologista para saber se é algo comum ou se trata-se de um câncer de pele.

Espero que o artigo seja útil e você pode se manter atento ao câncer de pele. E para mais dicas e informações sobre pele, siga meu canal no Youtube. Lá estou sempre compartilhando novidades!